2 In Organização

Como Organizar seus estudos

como organizar seus estudos

Eu como mãe sempre tive muitas dúvidas de como ajudar meus filhos em relação aos estudos. As vezes é complicado conciliar atividades extra curriculares, a tecnologia que hoje rouba o nosso tempo e o horário para estudos.

O mais importante de uma rotina de estudos é que deve ser uma rotina, ponto. Nada de estudar na semana da prova, nada de decorar na véspera.

A criança deve ter horários diários reservados para revisar as matérias dadas naquela semana, além da execução do dever de casa. Claro que não precisamos exagerar e deixar a criança estressada de tanto estudar. Tudo deve ser equilibrado : hora para estudar, hora para atividades extra classe, hora para descansar, hora para o lazer, etc. É preciso que a mente também descanse senão não atingimos o objetivo e ainda podemos deixar a criança/adolescente tão estressado que não vai conseguir assimilar nada.

Alguns passos são indispensáveis para se montar uma rotina de estudos :

1-Definir a sua rotina diária

É importante criar uma rotina diária. Crianças precisam de disciplina (e com toda sinceridade eu aprendi isso na dor). Você deve pegar um calendário ou mesmo uma planilha Excel e ir colocando os horários e os dias da semana. Preenche primeiro com os horários de atividades e horas de ações naturais como almoço, lanche, banho, sono, etc. Procure colocar intervalos de uma em um hora pois de 30 em minutos ficaria muito grande caso queira imprimir depois. Se tiver mais de uma atividade nesse intervalo de uma hora coloque “Atividade1 / Atividade2” ou mesmo “10:00 Atividade1 / 10:30-11:00 Atividade2”.

rotina_evernote

Os espaços que não estiverem sendo preenchidos, deixe-os em branco. Mais para frente estaremos preenchendo com os horários de estudos. É importante no entanto separar um momento para o lazer ou para você a criança brincarem. Pode ser um pouco flexível nas sextas e aos finais de semana mas é importante estudar nestes dias também afinal rotina é disciplina. Se mudar toda hora, não funciona. O ideal é deixar a sexta a noite livre e o sábado também. Defina um horário de estudos no Domingo, respeitando a hora que a criança é mais produtiva (veremos como perceber isso mais para a frente). Em semana de provas esse horário pode ser extendido para o sábado também, mas se a criança tiver uma rotina diária talvez não haja a necessidade para tal.

2-Definir os horários de estudo

Ao Definir os horários de estudo, procure levar em conta o aspecto da produtividade da criança. Bebês e crianças até 8 ou 9 anos tendem a ter o pico de atividade pela manhã. Já na adolescência, o quadro se inverte. A explosão de hormônios que começa aos 10 ou 11 anos faz com que os ritmos biológicos se atrasem.
Os jovens sentem sono tarde e, por isso, não querem levantar cedo. Alguns conseguem se adaptar melhor a essa situação. Outros apresentam grande dificuldade e são tratados como preguiçosos pela família.
Pesquisas comprovam que a sonolência dos adolescentes nas primeiras horas da manhã não é culpa exclusiva da televisão, do computador ou da teimosia, afirma o neurocientista Fernando Louzada, professor da Universidade Federal do Paraná, que há mais de dez anos investiga a relação entre sono e aprendizagem.
Queremos conscientizar os educadores sobre a importância do repouso para o desenvolvimento do estudante e quanto o ambiente escolar pode melhorar se o horário das aulas e as atividades propostas forem ajustados ao ritmo do corpo, explica Louzada.
É importante sem dúvida que o adolescente tenha uma boa noite de sono porque isso influencia diretamente no aprendizado. Noites mal dormidas causam dificuldade em se prestar atenção, alterações de humor e problemas para reter o que foi ensinado. Imagina colocar horários para estudar e o adolescente ficar cochilando ? A redução da quantidade de horas de sono também dificulta o controle das emoções e a consolidação de memórias, fundamental no processo de aprendizagem.
As crianças de até 7 anos também têm um horário do dia em que há aumento da sonolência. Ele ocorre entre 13 e 15 horas, quando a temperatura corporal cai e a vontade de dormir é quase irresistível. Nessa faixa etária o melhor momento para estudar pode ser pela manhã.
Para definir o tempo de duração do plano de estudos também é importante não deixar a criança ou adolescente estudando horas a fio. Os cientistas descobriram que o cérebro passa por um pico e um vale de atenção a cada 90 minutos, ou seja, vai da concentração total à distração absoluta. Então o ideal é fazer ciclos de estudos de 1 hora no máximo, se puder 50 minutos. E intercalar com alguns minutos de descanso para que o cérebro continue digerindo o aprendizado e recomece novamente.
A sugestão então é : Se seu filho estuda pela manhã, coloque 2 horas de estudo na parte da tarde, um antes das 15:00 e outro após as 16:00. Pode se colocar um horário a noite também. Se seu filho estuda na parte da tarde, dois horários de estudo podem ser colocados : um pela manhã e outro a noite.
Próximo passo e definir qual matéria será estudada em qual dia. Bem, primeiro passo é verificar a quantidade de horas que se terá livre para os estudos. Você consegue isso somando todas as horas onde não foram preenchidas atividades conforme fizemos no item 1. Verifique a quantidade de horas por dia, some e encontre a quantidade de horas de estudo semanais. Depois veja quantas são as matérias e quais aquelas que a criança/adolescente tem mais dificuldade ou precisa se empenhar.
Aquela que ele só tira notas altas pode ser estudada apenas 1x por semana e mais intensificada somente na semana de provas, procure dedicar mais tempo as matérias com nível maior de dificuldades.
Dependendo do caso contrate um professor particular. A educação de hoje está muito diferente da nossa época, muita coisa mudou, as vezes não dá para tirar todas as dúvidas do seu filho por mais boa vontade que você tenha.
Definido tudo isso é hora de colocar a quantidade de horas por matéria e dividir pelos horários vagos na semana. Lembrando sempre de intercalar as matérias. É mais produtivo estudar um assunto diferente
por ciclo de estudo assim a criança consegue assimilar melhor.

3-Defina metas diárias

É importante definir metas a se atingir. Se a meta de seu filho é recuperar um nota numa prova de recuperação, foque nisso. Incentive-o a colocar isso em lugar visível, pode ser escrito em um caderno ou mesmo escrito num papel e colocado onde ele possa ver sempre.
E a cada meta conquistada comemore com ele ! Mostre que está feliz porque ele deu o seu melhor ! Nada melhor que a sensação de ver que todo o nosso esforço para atingir nossas metas foi recompensado. Além de deixá-lo feliz vai incentivá-lo desde cedo demonstrando que uma vida organizada e planejada é recompensadora !
As metas podem ser diárias, como por exemplo, estudar um determinado assunto até que não se tenha mais dúvidas ou mesmo uma meta mensal como uma prova ou teste.

4-Local Organizado e calmo para estudar

O local para estudo é de suma importância. Não dá para estudar com gente interrompendo o tempo todo, criança gritando, cachorro latindo e televisão ligada. A organização do local, da mesa também deve ser a maior possível. O material de estudo deve ser organizado e guardado junto para evitar perdas de material e de tempo desnecessários.
Se a sua casa é um pouco confusa em relação ao barulho (e vai por mim sei como isso incomoda), procure deixar um local em um quarto ou mesmo procure estudar com a criança em horários que a cada estiver mais vazia. Não preciso nem comentar que a televisão e o celular devem ser banidos do local de estudo né ? O celular, whatsapp são os maiores vilões de quem quer estudar. Procure tirar o celular de seu filho ou colocá-lo no modo avião.

4-Crie uma planilha (Calendário) de horários

Coloque seu calendário de estudos em lugar visível. Utilizar uma ferramente gráfica é interessante mas pode ser desenhado e escrito a mão mesmo. Se seu filho é do tipo mais tecnológico você pode também utilizar um aplicativo do tipo Calendário como o Google Calendar e um aplicativo de lembretes e arquivamento de material como o Evernote, mais isso vai ser assunto para outro artigo aqui do Blog, aguarde !

5-Descanso e Lazer também são importantes

Lembre-se que o lazer é de suma importância. Não podemos simplesmente estressar tanto nossos filhos com rotinas de estudos, atividades extra-classe e outras mil cobranças que fazemos diariamente todos os dias ! A criança precisa ser feliz, precisa ser criança, brincar, ver TV, todas as coisas que toda criança faz, então bom senso aqui é fundamental. Não dá para achar que sobrecarregar a rotina de estudos do seu filho vai fazê-lo aprender mais e ser mais produtivo, equilíbrio é fundamental !

E você, costuma orientar os estudos do seu filho ? Experimente criar essa rotina e depois me conta como foi !

BIBLIOGRAFIA
O Sono na Sala de Aula Tempo Escolar e Tempo Biológico
,
Fernando Louzada e Luiz Menna-Barreto
https://sleepfoundation.org/

You Might Also Like

2 Comments

  • Reply
    Priscila S Vieira
    10 de maio de 2016 at 1:10 AM

    Parabéns, Ana! O blog está lindo e fico feliz que decidiu divulgar! 😉 Muito profissional e elegante!

  • Leave a Reply